Síndrome do ovário policístico interfere na pele e na fertilidade

Você já ouviu falar na Síndrome do Ovário Policístico, também conhecida como SOP? Pesquisas apontam que 20% a 30% das mulheres em idade fértil podem desenvolver o problema, decorrente de uma alteração no funcionamento dos ovários. O diagnóstico da disfunção pode ser feito de forma simples, por meio de ultrassonografia e avaliação criteriosa feita por um médico ginecologista.

De acordo com a ginecologista da Paraná Clínicas, Dra. Maria Eduarda Coelho de Souza, nos casos mais leves da Síndrome de Ovário Policístico, as mulheres apresentam pele com acne, aumento nos pelos e irregularidades no ciclo menstrual (o normal é entre 28 e 35 dias).

J√° nos mais complexos, h√° aus√™ncia de menstrua√ß√£o (amenorr√©ia) e risco de diabetes. ‚ÄúNos casos mais simples, o tratamento pode ser feito com o anticoncepcional, que bloqueia o funcionamento do ov√°rio. J√° nos casos mais graves, como acne de dif√≠cil controle ou diabetes, s√£o necess√°rios medicamentos adicionais‚ÄĚ, explica.

Infertilidade

√Č nos ov√°rios que o corpo feminino armazena os √≥vulos (c√©lulas reprodutoras) e produz os horm√īnios femininos. Os cistos s√£o esp√©cies de pequenas bolsas que se formam nos ov√°rios e podem atrapalhar seu funcionamento ideal, comprometendo a produ√ß√£o hormonal e, em alguns casos, a fertilidade.

Al√©m de ficar longos per√≠odos sem menstruar, algumas portadoras da SOP podem tamb√©m ficar sem ovular ou ent√£o ovular de forma irregular. Nestes casos, em que h√° preju√≠zo da fertilidade, h√° tratamentos alternativos para estimula√ß√£o da ovula√ß√£o, al√©m de medica√ß√Ķes espec√≠ficas que podem ajudar a engravidar. ‚ÄúO ideal √© que as mulheres que t√™m a s√≠ndrome procurem um aconselhamento m√©dico antes de tentar engravidar‚ÄĚ, conta Maria Eduarda.

Ela alerta que a mulher que tem a s√≠ndrome n√£o deve achar que, por isso, n√£o vai engravidar e pode abrir m√£o de m√©todos anticoncepcionais. “Muitas vezes, mesmo com ov√°rio polic√≠stico, a ovula√ß√£o acontece. Ent√£o, nada garante que a mulher n√£o vai engravidar. H√° muitas que engravidam mesmo sem tratamento”, afirma a ginecologista. Para garantir que a sa√ļde esteja sempre em dia, o ideal √© consultar um ginecologista ao menos uma vez por ano e realizar todos os exames recomendados.