Uma confusão muito comum é sobre o que são alimentos diet, light e zero. A maioria das pessoas generaliza essas denominações e acha que todos são produtos “para emagrecer”.

Mas não é bem assim!

Essas variações são bem específicas e foram criadas especialmente para os grupos que possuem restrições a determinados ingredientes. Saber a especificação de cada um é super importante para você não ingerir um alimento diet, por exemplo, achando que ele tem uma especificidade que não têm.

Para entender melhor esse assunto, o Dr. Diogo Dias, médico responsável pelo Programa de Emagrecimento do Priori, separou para nós as principais diferenças entre alimentos light, diet e zero. Confira:

Principais diferenças entre alimentos light, diet e zero:

Light:

Os alimentos light possuem pelo menos 25% de teor reduzido de algum nutriente. Geralmente, eles especificam qual é o nutriente com teor reduzido, podendo não ser somente o açúcar, mas também as gorduras totais, gorduras saturadas, colesterol ou sódio. Em geral, a maioria de alimentos light, reduzem o teor calórico de uns desses componentes. É a isso que você deve estar atento: um alimento light é somente reduzido, leve, não sendo 100% isento de algum componente.

Para quem é indicado alimentos light?

Para todos aqueles que se preocupam com uma alimentação saudável, ou desejam perder peso através do consumo de um alimento com poucas calorias.

Diet:

Os alimentos diet, por sua vez, são 100% isentos de um nutriente específico (açúcar, carboidrato, gordura, sódio ou outro). Como o produto é total isento de um determinado nutriente, geralmente possui uma maior quantidade de outros para repor a falta daquele. Por exemplo, às vezes é isento de açúcar, mas possui mais gordura ou sódio para deixar o alimento doce, que nem sempre são necessariamente saudáveis e podem ser até mais calóricos.

Para quem é indicado alimentos diet?

Por essa característica de isenção total de determinado nutriente, os alimentos diet são indicados para grupos específicos: pessoas com restrições alimentares, diabéticos, hipertensos ou pessoas com colesterol elevado.

– Zero:

Os alimentos “zero” possuem total isenção de algum nutriente, sem adição de outro para repor o sabor – diferentemente dos produtos diet. Logo, se ele for “zero açúcar”, também significará que possui menos calorias. É superimportante que o consumo desse tipo de alimento seja prescrito por algum médico ou nutricionista, pois ainda que o alimento possua 0% de calorias, pode ser que não tenham redução de gorduras e sais minerais.

Para quem é indicado alimentos zero?

Essa categoria de alimentos é indicada para pessoas que desejam reduzir peso e medidas.

Fique atento ao consumo exagerado desses produtos!

Apesar dos alimentos light, diet ou zero terem benefícios, eles ainda são alimentos industrializados modificados. Esses alimentos devem ser ingeridos com muita cautela, e nunca pense que esses alimentos são opções melhores ou que repõe os alimentos naturais.

Vamos começar o ano mais saudáveis?

 

Leia mais:

8 dicas de alimentação saudável para começar bem 2020

Emagrecer com saúde: apoio multidisciplinar favorece manutenção dos resultados

Alimentação também é gatilho para rinite; saiba o que piora a alergia