A alimenta√ß√£o inadequada e de alto valor cal√≥rico √© um dos principais fatores que levam √† obesidade infantil.¬† Para evitar esse problema, conhe√ßa os perigos de uma dieta sem restri√ß√Ķes durante a inf√Ęncia.

A obesidade infantil ocorre quando a crian√ßa est√° bem acima do peso ideal de acordo com sua idade e altura.¬† O sobrepeso entre as crian√ßas √© uma quest√£o de sa√ļde, j√° que a obesidade pode levar ao aparecimento de diversas doen√ßas e impactar diretamente na qualidade de vida e bem estar.

As causas do excesso de peso em jovens s√£o semelhantes √†s dos adultos, incluindo a gen√©tica, mas tamb√©m: h√°bitos alimentares errados, sedentarismo, dist√ļrbios psicol√≥gicos, problemas na conviv√™ncia familiar, entre outros.

Durante o per√≠odo de pandemia, o problema se agravou ainda mais. Observou-se que as mudan√ßas na rotina das crian√ßas devido ao isolamento, t√™m contribu√≠do para a falta de gasto energ√©tico das mesmas. As crian√ßas est√£o passando mais tempo em casa, em frente a¬† aparelhos eletr√īnicos e longe das brincadeiras e atividades f√≠sicas. Al√©m disso, est√£o consumindo mais alimentos processados ou ultra processados, que t√™m alto valor cal√≥rico e s√£o pobres em nutrientes. Esses h√°bitos contribuem para o aumento de peso, e, consequentemente, para a obesidade.

Riscos da Obesidade Infantil

A obesidade durante a inf√Ęncia √© uma grave patologia e pode prejudicar o corpo de v√°rias maneiras, comprometendo a sa√ļde f√≠sica e mental. Crian√ßas com obesidade t√™m maior probabilidade em ter:

  • Press√£o alta;
  • Colesterol alto;
  • Doen√ßas cardiovasculares;
  • Diabetes;
  • Problemas respirat√≥rios, como asma e apneia do sono;
  • Problemas articulares;
  • Doen√ßa hep√°tica;
  • Problemas psicol√≥gicos como ansiedade, depress√£o e baixa autoestima.¬†

Formas de evitar a obesidade infantil

Muitas pessoas acreditam que crian√ßas obesas ingerem grande quantidade de comida, o que nem sempre √© verdade. Muitas vezes, as crian√ßas obesas ingerem alimentos altamente cal√≥ricos, como sandu√≠ches, batatas fritas, salgadinhos, biscoitos industrializados e outros alimentos ultra processados ou gordurosos. Aqui v√£o algumas recomenda√ß√Ķes de m√©dicos e nutricionistas para evitar a obesidade infantil e manter um estilo de vida saud√°vel:

  • Manter uma alimenta√ß√£o balanceada, rica legumes, frutas e verduras;
  • Respeitar os hor√°rios das refei√ß√Ķes e evitar guloseimas durante os intervalos;
  • Diminuir a ingest√£o de alimentos gordurosos, como frituras, refrigerantes e doces;
  • Mudan√ßa no comportamento alimentar da fam√≠lia;
  • Manter um prato bem colorido: uma alimenta√ß√£o saud√°vel √© equilibrada e rica em nutrientes;
  • Dormir bem;
  • Beber bastante √°gua.

Os h√°bitos alimentares adquiridos na inf√Ęncia, tendem a manter-se na vida adulta. Os profissionais recomendam que as mudan√ßas sejam feitas o quanto antes, inserindo mais nutrientes √† dieta e evitando calorias vazias.

 

Referências:

Dagmarcia Neuza David РCRN8-183. Obesidade Infantil. Рnutricionista da Paraná Clínicas.

SILVA, Ivana; NUNES Catia. Obesidade Infantil e na Adolescência. Fiocruz. Disponível em <http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/infantil/obesidade-infantil.htm>. Acesso em: 25 de jun. de 2021.