Intoxicação alimentar é uma condição causada pela ingestão de alimentos contaminados.

Na maioria dos casos os agentes contaminantes são bactérias como a Salmonella, Shiguella ou Escheriria coli. Outros microrganismos potencialmente envolvidos são vírus do grupo Calcivirus e os Rotavirus.

Outro mecanismo de intoxicação é a ingestão de toxinas geradas previamente por bactérias presentes nos alimentos estocados de forma inadequada. Bactérias associadas a esta modalidade de intoxicação são Stafilococus.

Uma forma grave e felizmente cada vez mais rara é a o envenenamento por toxina botulínica, que quando não tratada pode levar ao óbito por paralisia muscular.

Sintomas da intoxicação alimentar

Os sintomas dependem do agente e da modalidade de contaminação. Podem aparecer algumas horas após a ingestão, no caso de toxinas, ou em até três dias.

Habitualmente os sintomas principais s√£o: dor abdominal, evacua√ß√Ķes amolecidas de pastosas a l√≠quidas, v√īmitos, mal-estar e em alguns casos cefaleia e dores pelo corpo.

Casos mais graves, com febre e eliminação de fezes com muco e sangue podem necessitar atenção médica.

Tratamento da intoxicação alimentar

A maioria dos casos não requer atendimento médico ou exames para diagnóstico. A ingestão de líquidos e alimentos leves para reposição de perdas é o suficiente.

A regress√£o do quadro identificada pela redu√ß√£o progressiva no n√ļmero de evacua√ß√Ķes e normaliza√ß√£o da consist√™ncia das fezes indicam boa evolu√ß√£o com tend√™ncia a recupera√ß√£o plena.

O aparecimento de sangue/muco nas fezes, febre elevada com calafrios ou piora dos sintomas ap√≥s melhora inicial s√£o condi√ß√Ķes at√≠picas e necessitam de avalia√ß√£o m√©dica.

Idosos e crian√ßas pequenas devem ser observadas com aten√ß√£o pois est√£o sujeitas a desidrata√ß√£o precocemente ou complica√ß√Ķes.

Como prevenir uma intoxicação alimentar?

Alimentos podem ser contaminados em qualquer estágio de produção, estocagem ou preparo. Alimentos podem ser contaminados por:

‚ÄĘ Cozimento insuficiente de carnes
‚ÄĘ Estocar alimentos em temperatura acima da recomentada.
‚ÄĘ Manter alimentos prontos fora da geladeira por longos per√≠odos.
‚ÄĘ Contamina√ß√£o cruzada em superf√≠cies contaminadas, por exemplo cortar carnes de aves em t√°buas e em seguida vegetais para saladas sem lavar a superf√≠cie.

Cuidados no preparo de alimentos como: cozer carnes no tempo recomendado, não deixar alimentos sem refrigeração, limpar continuamente superfícies de preparo, principalmente após manejo de carnes cruas reduzem a chance de intoxicação alimentar.

Lavar as m√£os antes de iniciar o preparo de refei√ß√Ķes e entre o manuseio de ingredientes √© mandat√≥rio. A higiene das m√£os ap√≥s o manuseio de animais de estima√ß√£o as vezes √© esquecida.

Cuidados de higiene básicos, como demonstrado por literatura médica são suficientes para evitar a intoxicação alimentar.

Fonte: André Rodrigues Martim Neto РCRM 31885