O DIU (dispositivo intrauterino) √© um dos v√°rios m√©todos contraceptivos existentes no mercado. No entanto, sua coloca√ß√£o ainda gera muitas d√ļvidas. E se voc√™, assim como milhares de mulheres, tem medo ou desconforto ao pensar no DIU, acompanhe a leitura conosco e conhe√ßa todos os detalhes desse aparelho bastante comentado nos √ļltimos tempos.

 

O DIU √© um dispositivo pequeno – em formato de T – que √© inserido no √ļtero, de forma simples, sem necessidade de cirurgia. Atualmente, sua procura vem crescendo por parte de mulheres que buscam um m√©todo contraceptivo seguro e uma alternativa √†s p√≠lulas anticoncepcionais.

Existem dois tipos de DIU ‚Äď o hormonal e o de cobre (ambos s√£o colocados basicamente da mesma maneira). O que os diferencia √© a forma como v√£o agir no organismo. O DIU de cobre causa mudan√ßas no endom√©trio e no muco cervical, impedindo que os espermatozoides cheguem at√© o √≥vulo. J√° o hormonal, controla o desenvolvimento do endom√©trio e promove o¬†espessamento do muco no canal cervical, dificultando a passagem do espermatozoide e a fertiliza√ß√£o. Ambos s√£o eficazes e podem durar alguns anos no organismo.

Como funciona a colocação do DIU?

A coloca√ß√£o do DIU √© feita no consult√≥rio m√©dico e dura em m√©dia cinco minutos. Alguns m√©dicos prescrevem um medicamento para ajudar a abrir e/ou anestesiar o colo do √ļtero antes da inser√ß√£o.

Normalmente, a enfermeira ou o m√©dico introduzem um esp√©culo na vagina e, em seguida, usam um aplicador especial para colocar o DIU pela abertura do colo do √ļtero, na cavidade uterina.

Vale lembrar que o DIU pode ser colocado em qualquer fase do ciclo menstrual ou logo após o parto ou um aborto.

Ap√≥s a coloca√ß√£o do DIU, um fio de cerca de 2,5 a 5 cent√≠metros de comprimento sair√° do colo do √ļtero e entrar√° no topo da vagina, facilitando a remo√ß√£o posteriormente (feita por um enfermeiro ou m√©dico).

Qual é a sensação de colocar um DIU?

As mulheres geralmente sentem c√≥lica ou dor quando colocam o DIU. Em alguns casos √© recomendada a ingest√£o de rem√©dios analg√©sicos antes de receber o DIU, para prevenir as c√≥licas. O m√©dico pode ainda utilizar um medicamento anest√©sico local ao redor do colo do √ļtero para torn√°-lo mais confort√°vel.

O que esperar após um procedimento de inserção de DIU?

Muitas mulheres se sentem perfeitamente bem depois de colocar o DIU, enquanto outras precisam repousar por um tempo. Certo desconforto, cólicas e dores nas costas são normais, a recomendação é ficar em casa após o procedimento. Almofadas térmicas e analgésicos de venda livre também podem ajudar a aliviar as cólicas.

O DIU hormonal eventualmente torna a menstruação mais leve, ocasionando até mesmo a sua interrupção. Por outro lado, o DIU de cobre pode tornar o fluxo menstrual mais intenso. Em algumas mulheres, isso desaparece com o tempo. Mas se o DIU estiver causando dor, desconforto ou efeitos colaterais indesejáveis, é importante consultar com um ginecologista de confiança.

Há uma chance muito pequena do DIU sair do lugar ou cair. Portanto, a mulher deve fazer check-ups periodicamente, pois se acontecer, ela não estará protegida de uma possível gravidez.

Programa Nosso Momento

A Paran√° Cl√≠nicas oferece, dentro do Priori, o programa Nosso Momento, que visa o acolhimento das fam√≠lias que necessitam organizar sua estrutura familiar e tem por finalidade orientar e educar nossos benefici√°rios quanto aos m√©todos contraceptivos mais adequados para cada caso, e prevenir gesta√ß√Ķes indesejadas e de alto risco. Os principais m√©todos utilizados s√£o os de barreiras hormonais e cir√ļrgicos.

Nesse Programa esclarecemos suas d√ļvidas e ajudamos a escolher o melhor m√©todo para voc√™.

Saiba mais aqui

 

Referências:

DIU de cobre, prata ou hormonal: qual o mais indicado, afinal? Dra Fernanda Torras. Disponível em: <https://drafernandatorras.com.br/diu-de-cobre-prata-hormonal-siu>. Acesso em 22 de junho de 2021.

FRANCES E. Casey. Dispositivos intrauterinos (DIU). Msdmanuals. Disponível em: <https://www.msdmanuals.com/pt-br/casa/problemas-de-sa%C3%BAde-feminina/planejamento-familiar/dispositivos-intrauterinos-diu>. Acesso em 22 de Junho de 2021.